;

fique por dentro

Como se trata?

O seu médico pode recomendar o tratamento com medicamentos que promovam o controle da frequência ou do ritmo cardíaco e também com medicamentos anticoagulantes.

Em geral, os medicamentos para controle da frequência e/ou antiarrítmicos irão controlar os batimentos do coração, reduzindo os sintomas de palpitação e dor no peito, enquanto o anticoagulante terá a função de prevenir a formação de coágulos que poderão desencadear um AVC.

Além do tratamento medicamentoso e o acompanhamento da Fibrilação Atrial, seu médico provavelmente recomendará mudanças no estilo de vida. Já está comprovada a ligação entre a saúde do coração e a saúde do corpo; e, por isso, o jeito como se vive é importantíssimo para alcançar uma boa qualidade de vida em todos os sentidos.

Comer bem, fazer exercícios, evitar fumar e consumir bebidas alcóolicas ajudam o paciente com fibrilação atrial a prevenir o AVC.

Bibliografia consultada:

1. Fuster V, Rydn LE, Cannom DS, et al. ACC/AHA/ESC 2006 Guidelines for the management of patients with atrial fibrillation. Circulation 2006; 114:e257-e354.

2. Miyasaka Y, et al. Secular trends in incidence of atrial fibrillation in Olmsted County, Minnesota 1980 to 2000, and implications on the projections for future prevalence. Circulation 2006; 114:119-125.

3. Stewart S, Murphy N, Walker A, et al. Cost of an emerging epidemic: an economic analysis of atrial fibrillation in the UK. Heart 2004; 90:286-92.

4. Information about NICE clinical guideline 36. National Institute for Health and Clinical Excellence. June 2006.

5.Zimmerman L, et al. Diretrizes brasileiras de Fibrilação Atrial 2009.Arq Bras Cardiol 2009; 92(6 supl. 1): 1-39

localize a farmácia mais perto